Personalidades angolanas brindam com vinhos portugueses

May 12, 2015

Personalidades angolanas brindam com vinhos portugueses.jpg

 

O “Clube Vinhos de Portugal”, uma iniciativa dos Vinhos de Portugal em Angola, reuniu-se pela primeira vez em Luanda, num jantar exclusivo no restaurante Moments. A carta de vinhos foi escolhida propositadamente para a ementa com a assinatura da Chef Fátima Gouveia.

Esta é a primeira de cinco edições anuais do “Clube Vinhos de Portugal”, uma série de encontros informais, para uma partilha descontraída de conhecimentos, feita à mesa, e em torno de alguns dos melhores vinhos portugueses.

Grandes nomes da sociedade angolana participaram nesta primeira edição e são Membros do “Clube Vinhos de Portugal”, tais como Pedro N’zagi, Ernesto Bartolomeu, Sérgio Rodrigues, José Guerreiro, Helt Araújo e Kumuênho da Rosa.

O principal objectivo do “Clube Vinhos de Portugal” é dar a conhecer a cultura do vinho luso a um conjunto de personalidades angolanas. Os Membros do Clube saborearam os vinhos, conheceram a sua história e as uvas que lhe deram origem, partilharam conhecimentos e experiências na companhia de um dos mais reputados especialistas de Portugal: Luís Lopes, director da Revista de Vinhos.

“O prazer do vinho está também associado ao conhecimento. Saber o que deu origem ao vinho que temos no copo, ouvir a sua história, decifrar os seus aromas e sabores, aprender a associá-lo aos pratos mais adequados, tudo isso ajuda a tirar mais partido dele, a apreciá-lo melhor”, explica Luís Lopes.

“A ideia do Clube Vinhos de Portugal é criar em Angola um grupo de profundos conhecedores de vinho, pessoas que possam no futuro transmitir esses conhecimentos aos seus amigos e às pessoas com quem interagem”, acrescenta.

Neste evento periódico dos Vinhos de Portugal em Angola vão reunir-se pessoas com interesses comuns: o vinho, a gastronomia, a cultura e, é claro, o prazer de uma boa conversa à mesa. Anualmente os seus membros serão convidados a visitar Portugal e conhecer o que de melhor o país tem para oferecer em termos de Vinho, Gastronomia, Enoturismo e Lifestyle.

“Os angolanos já têm o mais importante: apreciam vinhos. Aliás, os angolanos são o povo de África que tem uma relação mais próxima com o vinho enquanto consumidores. Conhecer as regiões, as variedades de uvas, os diferentes tipos de vinho, a melhor forma de o servir em casa ou de o saborear à mesa, é algo que vem depois e que ajuda a fortalecer essa relação. O Clube Vinhos de Portugal visa dar um contributo nesse sentido.”, explica Luís Lopes

As entradas chegaram acompanhadas de um “Vértice Cuvée” (Douro Espumante Reserva branco). Os pratos de peixe foram apurados por um “Muros de Melgaço” (Vinho Verde Alvarinho branco) e por um “Quinta de Pinhanços Altitude” (Dão branco). O segundo prato, que variou entre a vitela e o peito de frango, foi servido com um “Duorum Old Vines” (Douro Reserva tinto) e por um “Esporão Private Selection” (Alentejo Garrafeira tinto). A sobremesa fechou com um Porto Vintage, “Quinta do Vale Meão”. 

Os jantares realizam-se cinco vezes ao ano, em restaurantes diferentes, com ementas e vinhos escolhidos para a ocasião e com cerca de dois vinhos por prato. O primeiro jantar do Clube Vinhos de Portugal teve lugar em Abril e os quatro seguintes realizam-se em Maio, Junho, Setembro e Outubro. 



Tags:
Category: News