Oito regiões vitícolas premiadas com Grande Ouro do Concurso Vinhos de Portugal

May 26, 2015

DSC_0755.jpg

 

As 303 medalhas do Concurso Vinhos de Portugal foram distribuídas por praticamente todas as regiões vitivinícolas de Portugal.

 

As medalhas Grande Ouro, num total de 20, foram atribuídas a 5 brancos de quatro regiões, treze tintos distribuídos por 6 regiões para além de um Colheita Tardia do Tejo e dois licorosos da região do Douro. De salientar o facto de, num país tradicionalmente produtor de grandes tintos, cinco brancos terem sido distinguidos com Grande Ouro, um dos quais classificado mesmo como o Melhor Vinho do Ano.
 
Estes resultados anunciam também a descoberta de grandes vinhos em regiões menos conhecidas, como o Algarve, a Beira Interior e Trás os Montes, cujo potencial se começa a revelar.
 
Curioso também o destaque de um vinho de Colheita Tardia proveniente de uma das regiões vitícolas que embora antiga iniciou mais tardiamente a sua reestruturação e cujos resultados começam a surgir: o Tejo.
 
Os prémios “Melhores do Ano” foram:
 

Melhor Espumante foi entregue a Ataíde Costa Martins Semedo Unip. Lda., 
Melhor Varietal à Herdade do Esporão Verdelho 2014
Melhor Fortificado a Bacalhôa Moscatel Roxo Superior
Melhor Vinho de Portugal 2015 à Herdade do Esporão Verdelho 2014
 
“Depois de uma primeira fase do Concurso, que decorreu em Santarém, em que os jurados confirmaram a elevada qualidade dos vinhos portugueses, independentemente da sua região, o Grande Júri, que reuniu em Viseu, veio reconhecer que Portugal é de facto um país de diversidade quer de castas quer de climas e solos e em que todas as regiões tem um elevado grau de qualidade e diferenciação, razão pela qual 11 regiões foram contempladas com Grandes Ouros e Ouros.” salienta Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal. 

 



Tags:
Category: Awards News

Add Pingback

Please add a comment

You must be logged in to leave a reply. Login »